Cinco passos para escolher o obstetra

A preocupação com o bem-estar do bebê e a saúde da mãe surge logo no início da gestação. Por isso, é imprescindível o apoio e a participação do obstetra que, não só acompanha o desenvolvimento da criança e da gravidez, como também orienta e esclarece as inúmeras dúvidas que aparecem durante essa nova fase.
De acordo com a obstetra e coordenadora médica da maternidade do Hospital São Luiz, Márcia Maria da Costa, o trabalho desse profissional vai muito além da medicina. “O obstetra deve estar atento à situação psicológica da gestante e oferecer todo o suporte necessário nesse período a mulher que apresenta dúvidas e receios”.
Para ajudar no momento da escolha do obstetra, a especialista aponta cinco passos importantes que devem ser levantados:
1.      Verifique se o seu ginecologista é obstetra A tendência natural é que a mulher escolha seu ginecologista como obstetra, mas isso não é regra, mas se o profissional for de sua confiança, pode indicar um colega.
2.      Busque indicações e currículo do especialista Normalmente a gestante está cercada de mulheres que já tiveram filhos, sejam amigas ou familiares. Essas são as melhores fontes de informações que podem influenciar na hora da escolha. Buscar a formação do obstetra e sua experiência também é importante.
3.      Confirme se o obstetra tem um substituto na equipe Caso a data do parto precise ser antecipada, o obstetra deve estar à disposição da gestante ou garantir que um substituto de sua confiança poderá atendê-la. A mãe deve conhecer esse substituto previamente.
4.      Tenha certeza de que existe empatia entre você e seu obstetra A gestante precisa sentir que o médico se preocupa com ela, pois além das diversas dúvidas que aparecem com o decorrer do tempo, a mulher pode apresentar insegurança e sensibilidade. Se perceber que o médico está mais preocupado com o tempo que irá durar a consulta, talvez seja interessante procurar outros especialistas.
5.      Conte com o médico 24 horas por dia Durante a gestação, a mulher pode apresentar pequenas dores ou quadros um pouco mais graves, como cólicas e sangramentos. É importante que o obstetra esteja sempre à disposição para orientá-la nesses momentos. Obter seu número de telefone e e-mail é uma boa maneira de estar em contato direto.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s